Presos politicos saharauis alertam sobre situação de saúde

Os presos politicos saharauis, Ali Saadoni e Salah Lebsir detidos na prisão de Tata denunciam que estão detidos numa cela com presos de delito de comun e um preso com doença contagiosa crónica. Na mesma cela encontra-se também Abdalahi Elbuhi outro preso saharaui.

Saadoni activista de direitos humanos e Lebsir, jornalista, alertaram as autoridades marroquinas que estão em risco de contagio e pedem que o preso doente seja colocado numa cela à parte de acordo com o estipulado no artigo 30 alínea d) das Mandela Rules (Standard Minimo de tratamento dos presos das Nações Unidas) e do artigo 125 da lei 23-98 relativa à organização e funcionamento dos estabelecimentos Penitenciários do Reino de Marrocos.

“Qualquer consequência desta situação é da responsabilidade das autoridades marroquinas que são responsáveis pela nossa saúde enquanto estamos sob custódia” , dizem os presos e denunciam que são vitimas de negligência médica e que Marrocos os quer assassinar.

Lebsir entrou em greve de fome a 9 de Março em solidariedade com todos os presos politicos saharauis, reafirmando o seu estatuto de preso politico e exigindo o respeito pelos direitos elementares. Read more

Ayúdanos a difundir >>>