Tribunal de recurso condena estudantes saharauis

O julgamento dos estudantes saharaui conhecidos como grupo Companheiros El Uali, que se realizou ontem em Marraquexe, não alterou as sentenças atribuidas pelo tribunal de primeira instância.

O julgamento que foi publico contou com a presença de 4 observadores internacionais, mas em clara violação das regras de um julgamento público as familias dos presos não foram autorizadas a assistir.

PUSL ha acompañado este proceso desde la detención de estos jóvenes en 2016. Para más información consultar el informe publicado y los artículos.

Ayúdanos a difundir >>>