Solidariedade internacional com Claude Mangin

No dia 23 de Abril, Claude Mangin, em greve de fome desde 18 de Abril reivindicando o direito de visitar o seu esposo Naama Asfari, preso politico de Gdeim Izik, recebeu a visita de Aida Ohanyan da Arménia em representação da Association Bonheur Retrouvé, Constance Machicote jurista internacional de França/Espanha e Isabel Lourenço de Portugal em representação da Fundación Sahara Occidental e Porunsaharalibre.org.

Todas três activistas declararam a sua solidariedade com Claude Mangin e repulsa pela actuação do governo marroquino ao impedir esta cidadã francesa de visitar o seu esposa que foi condenado a 30 anos de prisão.

A câmara municipal de Ivry sur Seine, perto de Paris acolhe Claude Mangin durante a sua greve de fome.

Ayúdanos a difundir >>>