Enviado de ONU para Sahara Occidental se reunirá con las partes a fin de junio

Horst KöhlerAFP.- O enviado da ONU para o Sahara Ocidental, o ex-presidente alemão Horst Koehler, reunirá novamente no final de junho com as partes em conflito para pressionar pela retomada das negociações de paz, disseram fontes diplomáticas na terça-feira.

De acordo com uma dessas fontes, que falou sob condição de anonimato, Koehler planea reunir com as autoridades marroquinas em 28 e 29 de junho em Rabat. Ele também deve viajar para El Aaiun , no Sahara Ocidental, para contactar com os capacetes azuis da missão de observação do cessar-fogo (Minurso).

Outra fonte disse que o emissário também deveria ir a Tindouf, onde a Frente Polisario está localizada, no extremo oeste da Argélia, especificando que as datas precisas desta viagem ainda não foram definidas.

Numa carta de 1 de junho ao Conselho de Segurança, a Frente Polisario instou a ONU a “organizar negociações diretas” com o Marrocos “o mais breve possível”. “A Frente Polisario está pronta para retomar imediatamente as negociações diretas com Marrocos sem pré-condições e de boa fé” para permitir que “seu povo exerça seu direito à autodeterminação” para acabar com o conflito, acrescentou a carta obtida pela AFP.

Os últimos encontros de Koehler com as partes no conflito do Sahara Ocidental ocorreram no início do ano, em Berlim com a Frente Polisario e em Lisboa com as autoridades marroquinas.

Antes do Conselho de Segurança, o emissário prometeu retomar as negociações antes do final do ano. A última ronda de negociações entre Marrocos e a Frente Polisário data de 2008.

O Sahara Ocidental, um deserto de 266 mil quilômetros quadrados, cujo status pós-colonial ainda não foi resolvido, é reivindicado por Marrocos, que controla a maior parte dele, e pela Frente Polisario, que pede um referendo sobre a autodeterminação.

Ayúdanos a difundir >>>