Após a recente repressão nos territórios ocupados d o Sahara Ocidental: Presidente Brahim Gali pede à ONU para garantir a proteção e segurança dos civis saharauis

Bir Lehlu (Territórios Liberados da RASD), 22 de setembro de 2018 (SPS) -. O Presidente da República saharaui, Brahim Gali, instou o SG das Nações Unidas, Antonio Guterres, a intervir para pôr termo às práticas repressivas das autoridades marroquinas e garantir a segurança e a protecção dos civis sahrauís nos territórios ocupados do Sahara Ocidental.

Numa carta dirigida ao SG das Nações Unidas sobre a recente repressão marroquina contra os manifestantes saharauis, o Presidente da República disse que Marrocos, através destes métodos repetidos, não “reflecte” a vontade real ou a boa fé de cooperar com os esforços de as Nações Unidas, liderada pelo enviado pessoal das Nações Unidas para o Saara Ocidental, o ex-presidente alemão Horst Köhler.

“Estas práticas constituem uma violação flagrante do direito internacional e do direito internacional humanitário, privando o povo saharaui do seu direito de se expressar de acordo com os mandamentos do direito internacional”, afirmou o Presidente da República saharaui.

O líder saharaui pediu à ONU que assuma a sua responsabilidade na descolonização do Sahara Ocidental, o último caso de descolonização em África, exigindo a aplicação estrita das exigências da legalidade internacional para que o povo saharaui possa exercer livremente o seu direito inalienável à autodeterminação. .

O SG da POLISARIO também abordou na carta ao Chefe da ONU a exigência da libertação imediata de todos os presos políticos saharauis, o levantamento do estado de sítio imposto aos territórios ocupados do Sahara Ocidental e a cessação imediata do saque de Recursos saharauis por Marrocos.

Recorde-se que as forças marroquinas disfarçadas de civis intervêm violentamente para dispersar as manifestações de cidadãos saharauis em El Aaiún, que exigiam a autodeterminação do povo saharaui, a cessação do saque dos recursos naturais e o respeito pelos direitos humanos no Sahara Ocidental.

Uso de cookies

porunsaharalibre.org utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.plugin cookies

ACEPTAR
Aviso de cookies