Guterres pede ao Conselho de Segurança da ONU extensão de mandato da MINURSO

PUSL.- O secretário-geral da ONU pediu hoje ao Conselho de Segurança que estenda por um ano o mandato da MINURSO (Missão das Nações Unidas para o Referendo do Sahara Ocidental), para apoiar o reinício das negociações políticas agendadas para Dezembro entre Marrocos e a Frente Polisario.

“Recomendo que o Conselho estenda o mandato por um ano, até 31 de Outubro de 2019, para dar ao meu emissário o espaço e o tempo necessários para criar condições que permitam o avanço do processo político”, escreveu António Guterres, num documento obtido pela agência noticiosa francesa AFP.

“Peço às partes e aos vizinhos que cheguem à mesa de negociações de boa-fé e sem condições prévias”, nos dias 5 e 6 de dezembro próximo, na Suíça.

Marrocos e a Frente Polisário concordaram em participar nas “discussões preliminares”, disse António Guterres, mostrando-se confiante em relação às respostas da Argélia e da Mauritânia, os outros dois países convidados para a “mesa-redonda” organizada em Genebra. Marrocos anunciou várias vezes que não vai ceder nas negociações.

A última ronda de negociações entre Marrocos e a Frente Polisário remonta a 2012.

A Polisário reivindica o referendo de autodeterminação para o Sahara ocidental, que foi a permisa do cessar fogo de 1991 e que até hoje tem sido boicotado por Marrocos. Marrocos rejeita qualquer solução que não implique uma autonomia sob a sua soberania.

Uso de cookies

porunsaharalibre.org utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.plugin cookies

ACEPTAR
Aviso de cookies