Presos politicos saharauis vitimas de envenamento na prisão de Ait Melloul

PUSL.- Mohamed Bani, Brahim Ismaili, Sidahmed Lemjeyid e Mohamed Lefkir estiveram 20 dias em condições de saúde deploráveis devido a comida envenanada que a administração da prisão deu apenas aos presos saharauis segundo informações das suas familias.

Durante todo o tempo que estiveram com vómitos, diarreia, pernas inchadas e com fadiga intensa nunca foram vistos por um médico apesar dos pedidos que fizeram.

Segundo informação das familias Ismaili, Lefkir, Bani e Lemjeyid comerçaram a desconfiar que não se tratava de uma doença normal, uma vez que os 4 presos não estão nem nos mesmos modulos, nem se encontram nos pátios e decidiram parar de ingerir a comida que lhes davam, recuperando rapidamente.

A situação dos presos politicos do Grupo de Gdeim Izik é alarmente e piora cada dia. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Dezenas de feridos saharauis por autoridades marroquinas na cerimónia do aniversário de Gaudí Mohamed Fadel

PUSL.- No dia 6 de Setembro familiares e amigos do falecido activista Gaudi Mohamed Fadel reuniram-se na Casa da sua familia para comemorar o aniversário da sua morte.

A casa que se situa no bairro Casa Piedra , na avenida Skeikima foi rodeada por policias e membros dos serviços secretos marroquinos, que impediram a celebração e atacaram os saharauis, resultando en dezenas de feridos.

O cerco à casa da familia a manteve-se durante horas.

Segundo o testemunho do vice president da CODAPSO, Hmad Hamad o controle policial era impressionable e ele mesmo não conseguiu chegar à casa, tendo sido seguido por mais de uma dezena de policias. Read more

Ayúdanos a difundir >>>