Preso político saharaui Mohamed Bourial entra em greve da fome

PUSL.- A família de Mohamed Bourial informou esta manhã que o preso político do grupo Gdeim Izik, Mohamed Bourial, que foi transferido para Tiflet2 na última sexta-feira, dia 12, entrará em greve de fome amanha.

Em Tiflet2 existem agora quatro presos políticos saharauís do grupo de Gdeim Izik e todos estão em greve de fome. El Bachir Khadda em greve de fome desde 18 de setembro, Abdallahi Abbahah desde 1 de outubro, Mohamed Lamin Haddi desde 5 de outubro e Mohamed Bourial inícia amanhã 16 de outubro.

Todos os presos têm as mesmas exigências para serem transferidos para uma prisão perto de suas famílias em El Aaiun, respeito pelos seus direitos fundamentais e atenção médica.

Em Tiflet2, os presos estão submetidos a confinamento prolongado, assédio, maus-tratos e seus direitos básicos não são respeitados. As famílias têm grandes dificuldades para poder visitá-los uma vez que Tiflet está a mais de 1300 km de El Aaiun.

Ayúdanos a difundir >>>