Preso politico saharaui em greve de fome continua em isolamento

PUSL.- Mohamed Bourial que entrou em greve de fome no passado dia 12 de Outubro após ter sido posto em isolamento assim que chegou à prisão Tiflet2 continua na cela de castigo.

Ninguém da administração da penitenciária, nem da equipa médica visitou o preso politico saharaui do grupo de Gdeim Izik.

Bourial não tem acesso à medicação que toma diariamente, mais uma vez Marrocos desrespeita o direitos internacional e as próprias leis.

Em Tiflet2 estão também em greve de fome El Bachir Khadda há 36 dias e Abdallah Abbahah há 23 dias. Read more

Ayúdanos a difundir >>>