Laaroussi, preso político saharaui transferido para Bouzakarn

PUSL.- Segundo a sua família, o preso político saharauí do grupo Gdeim Izik, Abdel Jalil Laaroussi, foi transferido no passado sábado, 10 de fevereiro, da prisão de El Arjat para a prisão de Bouzakarn.

Laaroussi, condenado à prisão perpétua, está em isolamento prolongado desde setembro de 2017.

As condições de saúde do presos político tem-se deteriorado desde a sua detenção em 2010.

A advogada de 18 dos 19 presos do grupo Gdeim Izik, Maitre Olfa Ouled, apresentou uma denúncia ao Comitê contra a Tortura da ONU  (CAT) de vários presos deste grupo, incluindo Abdel Jalil Laaroussi. A decisão final do CAT ainda não foi publicada.

A família pôde visitá-lo várias vezes esta semana, já que Bouzakarn está mais perto de El Aaiun.

Ayúdanos a difundir >>>