Preso politico saharaui, Mohammed Benno libertado

BENTILI.- O prisioneiro politico saharaui “Mohammed Mansour Salama Benno” foi libertado nesta quinta-feira 28/03/2019 depois de passar um mês e cinco dias na cadeia negra de El Aaiun no Sahara Ocidental ocupado.

Mohammed foi detido a 23/02/2019 após a sua participação numa manifestação não violenta que se organizou na Avenida Tan Tan em El Aaiun, exigindo a autodeterminação do povo saharaui.

As autoridades marroquinas torturaram-no por mais de 72 horas na esquadra da policia e, em seguida foi enviado para a prisão negra da cidade, na terça-feira, 27/02/2019. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Preso politico saharaui Mbarek Daoudi libertado

PUSL.- O preso politico saharaui Mbarek Daoudi foi libertado esta manhã com pena cumprida após 5 anos e meio de prisão. Daoudi teve vários julgamentos sem nunca terem sido apresentadas provas de qualquer crime cometido.

Daoudi que foi vítima de tortura e esteve várias vezes em greve de fome, uma das vez mais de 50 dias.

O processo jurídico de Mbarek Daoudi é repleto de atropelos à lei e justiça com várias condenações sucessivas e que não têm em conta o tempo em detenção arbitrária.

O estado de saúde de Daoudi tem vindo a deteriorar-se durante o seu tempo de detenção, devido à negligência médica sistemática a que os presos políticos estão sujeitos.

PUSL congratula Mbarek Daoudi e a sua familia pela libertação. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Declaração Conferência de Solidariedade da SADC com o Sahara Ocidental

Nós, Os Chefes de Estado e de Governo ou representantes dos seguintes Estados Membros da SADC:

  1. República de Angola,
  2. República do Botsuana
  3. República Democrática do Congo,
  4. Reino de Eswatini,
  5. Reino do Lesoto
  6. República do Malawi,
  7. República da Maurícia,
  8. República de Moçambique,
  9. República da Namíbia,
  10. República das Seychelles,
  11. República da África do Sul,
  12. República Unida da Tanzânia,
  13. República da Zâmbia e
  14. República do Zimbabué,

Read more

Ayúdanos a difundir >>>

África do Sul pede a implementação das resoluções da ONU sobre o Sahara Ocidental

Cyril Ramaphosa, Presidente da África do Sul

PUSL.- Cyril Ramaphosa, Presidente da África do Sul, apelou hoje à ONU a implementar “sem demora” as resoluções aprovadas no âmbito da resolução do conflito do Sahara Ocidental, incluindo as relativas ao direito inalienável à autodeterminação do povo saharaui, reafirmando o seu apoio aos esforços de mediação em curso, pelo enviado pessoal do Secretario Geral das Nações Unidas, Horst Kohler, entre as duas partes em conflito, Marrocos e a Frente Polisario.

O discurso do Presidente sul-africano no segundo dia da conferência de solidariedade com o povo saharaui, da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), em Pretória, reafirmou a ajuda e o apoio do seu país aos saharauis e às Nações Unidas para ” a rápida implementação das resoluções sobre a resolução do conflito do Sahara Ocidental, incluindo a que prevê o direito à autodeterminação do povo saharaui”. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

SADC – África não estará verdadeiramente livre até que a última colónia, o Sahara Ocidental, seja descolonizada

Lindiwe Sisulu, Ministra das Relações Internacionais e Cooperação de África do Sul

PUSL.- A Conferência de Solidariedade dos Ministros da SADC com o Sahara Ocidental servirá para lembrar à região que a África não estará verdadeiramente livre até que a última colónia, a República Árabe Saharaui Democrática, seja descolonizada, disse a Ministra das Relações Internacionais e Cooperação de África do Sul, Lindiwe Sisulu.

Sisulu fez estas declarações ao receber os convidados no primeiro dia da conferência de dois dias em Pretória, na segunda-feira.

A reunião preparatória dos Ministros da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) e dos Ministros participantes de outras regiões teve lugar antes da Conferência de Solidariedade da SADC com o Sahara Ocidental pelos Chefes de Estado e de Governo agendada para hoje. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Comunicado da família do Sr. BOURIAL, prisioneiro do grupo conhecido como GDEIM IZIK

PUSL.-O Sr. Mohamed Bourial está preso em Marrocos desde 2010, após o desmantelamento do chamado acampamento Gdeim Izik. Foi condenado a 30 anos na ausência de qualquer outra prova além das confissões extraídas sob tortura.

Apesar dos seus pedidos para investigar a tortura que sofreu, o Reino do Marrocos nunca realizou uma investigação imparcial, nem interrompeu o tratamento cruel e desumano contra ele. Esses maus tratos continuaram depois a sua transferência para a prisão de Tiflet2 – em março de 2018 -, na qual ele se encontra agoraem isolamento, privado de visita, em estado precário de saúde e sem nenhum tipo de atenção médica. É neste contexto que ele mandatou através da sua família a sua advogada a apresentar uma comunicação ao Comitê contra a Tortura da ONU em novembro de 2018.

Para que a situação evolua, Mohamed decidiu iniciar uma greve de fome com a principal exigência de proteção das mais altas autoridades internacionais contra qualquer forma de tortura ou tratamento desumano. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Autonomia não é opção: diz Ministro Sul Africano na Conferência de solidariedade da SADC

PUSL.- O vice-ministro das Relações Internacionais e Cooperação, Luwellyn Landers, diz que a cimeira da SADC está a ser realizada para demonstrar solidariedade com o povo do Sahara Ocidental. Numa entrevista esta manhã Landers reafirma que a única solução para o conflito e a autodeterminação do povo saharaui. O plano de autonomia que Marrocos exige não é uma opção, afirma o Ministro.

Landers diz que a intenção da conferência de solidariedade é apoiar o povo do Sahara Ocidental a alcançar um estado soberano e independente. Sobre as negociações em curso promovidas por Horst Koehler enviado pessoal do SG das ONU o representante sul africano disse que as opiniões de Koehler têm que ser valoradas mas que há outras opiniões que se têm que ter em conta.

Sobre a adesão de Marrocos à UA, Landers diz que a questão colonial em África é clara no acto constituitivo e que o conflito do Sahara Ocidental tem que ser resolvido com as Nações Unidas e a União Africana. As Nações Unidas têm falhado não só o povo saharaui, como o do Iemen, da Siria e muito outros : “talvez seja tempo que as Nações Unidas façam um balanço” diz o ministro. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Marrocos falha em tentativas de boicotar a conferência de solidariedade da SADC com o povo do Sahara Ocidental

iol.co.za / SHANNON EBRAHI* .- Aparentemente Marrocos tentou de tudo para desviar a atenção da Conferência de Solidariedade da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC) com o povo do Sahara Ocidental, que terá lugar em Pretória na segunda e terça-feira.

A tentativa de Marrocos de neutralizar os esforços africanos para encontrar uma solução para o conflito e garantir a libertação da última colônia da África é uma medida que demonstra a sua intransigência e desespero.

Chefes de estado africanos e ministros das Relações Exteriores de todo o continente, bem como alguns dignitários estrangeiros, irão participar na conferência. Isto representa uma ameaça para a agenda de Marrocos – para encerrar qualquer tentativa de avançar o processo de paz. Marrocos opõe-se ao envolvimento da UA. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

“Os nossos sentimentos em relação aos nossos mortos são violados pelo regime marroquino”. Hmad Hammad, vice-presidente da CODAPSO

Diario La Realidad Saharaui .- Eu estava na companhia de minhas sobrinhas e sobrinhos preparando a nossa visita ao túmulo da minha mãe, nos nossos carros, o meu e da minha sobrinha. Antes de passar o controle da Gendarmaria da ocupação marroquina na cidade ocupada de El Aaiun, eles nos fizeram parar. Recebi ordens para sair do carro e ficamos retidos por mais de uma hora, sem qualquer explicação, enquanto as crianças choravam e ficavam expostas às altas temperaturas dentro dos carros. Viam como o tio delas estava sendo mantido por indivíduos armados. O mais paradoxal foi que o gendarme do regime de ocupação não me deu nenhuma explicação, enquanto eu lhe perguntava repetidamente qual era o motivo da minha detenção.

Entre os gritos de angústia das crianças e o desespero das minhas sobrinhas, estive detido por mais de uma hora tentando descobrir o porquê dessa retenção, mas recebi o silêncio e a recusa dos gendarmes marroquinos em me dar uma resposta. A nossa visita ao túmulo da minha mãe falecida recentemente, em vez de ser uma visita de acordo com nossos costumes e crenças, tornou-se um pesadelo e lágrimas para as crianças que queriam lembrar a sua avó. Isto não é coincidência, é claro que foi uma represália e uma vingança pelos slogans com os quais dissemos adeus a minha mãe no seu funeral e às bandeiras saharauis com as quais cobrimos o seu túmulo. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Transcrição quase literal da roda da imprensa pelo Sr. Horst Köhler, Enviado Pessoal do S G da ONU para o Sahara Ocidental sobre a Segunda Mesa Redonda sobre o Sahara Ocidental

ONU – GINEBRA, 22 DE MARÇO DE 2019

Senhoras e senhores,

Tenho o prazer de informar que acabamos de concluir a segunda reunião de mesa redonda sobre o Sahara Ocidental.

Gostaria de elogiar todas as delegações por demonstrarem o seu compromisso e de se reencontrarem nesta ocasião. Também gostaria de agradecer ao governo suíço pelo generoso apoio na organização desta mesa redonda.

Como resultado das nossas discussões nos últimos dois dias, as delegações concordaram com um comunicado conjunto que lhes lerei em seguida. Mas primeiro, permitam-me fazer algumas observações pessoais. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Frente Polisario: Somente com a aprovação do povo saharaui, uma solução pode ser duradoura e promover uma paz genuína

Comunicado da Frente POLISARIO:

[GENEBRA, 22 DE MARÇO DE 2019] Hoje, a Frente POLISARIO concluiu a segunda mesa redonda liderada pela ONU sobre o SaHara Ocidental. Participamos de forma construtiva e sem pré-condições com o objetivo de cumprir o direito inalienável do nosso povo à autodeterminação e à independência.

É evidente que a única solução viável, realista e duradoura é aquela que concede ao nosso povo o direito de decidir livre e democraticamente o seu próprio destino, sem precondições. Só com a aprovação do povo saharauí é que uma solução pode ser duradoura e fomentar uma paz genuína que abre caminho a um Sahara Ocidental livre, próspero e democrático, que contribuirá para a paz, estabilidade, segurança e integração regionais.

A Frente POLISARIO continua comprometida com uma solução pacífica e genuína, e congratulamo-nos com os esforços constantes do Enviado Pessoal do Secretário-Geral da ONU e exortamos a comunidade internacional a apoiá-lo plenamente. Mas não temos ilusões sobre os obstáculos à paz. O Sahara Ocidental permanece sob a ocupação repressiva e ilegal de Marrocos, que sistematicamente viola os direitos humanos do povo saharaui. Essa realidade básica não pode ser ignorada; a autodeterminação é incompatível com a ocupação. Read more

Ayúdanos a difundir >>>
1 2 3