Duas activistas saharauis punidas pelas autoridades de ocupação marroquinas

PUSL.- A Sra. Gabbal Bannahi Daha (alias Juda), activista saharaui, foi informada hoje pelas autoridades marroquinas que a sua ajuda social foi suspensa em retaliação pelo seu activismo pelos direitos humanos e pela defesa do direito à autodeterminação do povo saharaui, bem como a sua participação nas celebrações do aniversário da proclamação da República Saharaui.

Daha afirmou que essas práticas de retaliação nunca a impediriam de continuar a sua luta contra a ocupação marroquina. Em 2018, a Sra. Daha já estava na mesma situação e estava em greve de fome até que as autoridades marroquinas responderam à sua revindicação após 17 dias.

A Sra. Aghlajilha El Ouali (El Idrissi), outra activista de Smara, foi também castigada pelas autoridades marroquinas, suspendendo o seu cartão social devido à sua participação nas celebrações do aniversário da proclamação da República Saharaui. Read more

Ayúdanos a difundir >>>