Julgamento de jornalista saharaui adiado

PUSL.- O julgamento de Nazha El Khalidi, que deveria ter ocorrido hoje, foi adiado para 20 de maio a pedido de seu advogado, já que ela está na Europa participando em várias conferências.

Khalidi, uma ativista dos meios de comunicação saharauis, colaboradora da Equipe Media e da RASD-TV, foi detida por várias horas no dia 4 de dezembro de 2018 enquanto transmitia ao vivo o protesto nos meios de comunicação sociais.

De acordo com a Equipe Media, ela disse que foi espancada, presa e que o seu telemóvel foi confiscado.

A jovem é agora acusada de “reivindicar ou usurpar um título associado a uma profissão que é regulada por lei sem antender às condições necessárias para usá-la”. Read more

Ayúdanos a difundir >>>