Preso politico saharaui Mohamed Bourial suspende greve de fome após 30 dias

PUSL.- Mohamed Bourial que entrou em greve de fome no passado dia 20 de Março suspendeu a sua greve hoje no 30º dia.

O preso politico saharaui do grupo de Gdeim Izik está num estado de saúde alarmante e não teve qualquer tipo de assistência médica durante a greve de fome. Após a visita do Diretor da Prisão Tiflet2 e de um representante da DGAPR (Direção Geral da Administração das Penitenciarias e Reinserção Social) e a promessa que será transferido para uma prisão mais perto da sua família no verão, Mohamed Bourial suspendeu a sua greve de fome.

Mohamed Bourial que tem uma pena de 30 anos está em isolamento prolongado, é vitima de maus tratos e está na Prisão Tiflet2 em Marrocos a mais de 1300km da sua família que reside em El Aaiun, Sahara Ocidental.

Ayúdanos a difundir >>>