UMA NOVA GERAÇÃO, SEM FUTURO, A ESPERA NO SAHARA OCIDENTAL

Foto: Juan Ignacio Robles / Por: Ali Salem Iselmu, jornalista, escritor e poeta, natural da República do Saara Ocidental.

EIC – Poemas para um Sahara Livre.- Quando a guerra no Sahara Ocidental entre Marrocos e a Frente Polisario terminou em 1991, ninguém acreditava que uma nova geração nasceria nos campos de refugiados saharauis, vendo os enviados da ONU demitir-se um após o outro , sem obter a mediação política para uma conclusão bem sucedida.

Neste longo período, foram cerca de trinta anos em que vimos a independência de Timor Leste, Sudão do Sul, Eritreia, Kosovo e outros países. A ONU no Sahara Ocidental foi basicamente solicitada a aplicar a sua resolução 1514 para permitir a autodeterminação do povo saharaui, realizando um referendo.

Vimos durante todo este tempo como o discurso da ONU tem mudado em favor do país que ocupa ilegalmente o território saharaui, que é neste caso Marrocos. A Frente Polisario fez várias concessões na crise do Rally Paris-Dakar em 2002, na crise de Gdeim Izik em 2010 e na última crise na fronteira sul do Sahara Ocidental, no posto fronteiriço de Guerguerat. Read more

Ayúdanos a difundir >>>