As vozes do deserto

PUSL.- Chegam aos poucos mas são milhares. Uns já estão em Espanha outros irão chegar nos próximos dias.

Pequenos embaixadores do Sahara Ocidental, crianças que nasceram e crescem nos campos de refugiados no sul da Argélia, assim como os seus pais aí nasceram e cresceram e os seus avós construíram um país em exilio no meio do deserto da morte.

Passaram mais de 4 décadas de exilio, mais de 4 décadas de ocupação marroquina.

Aqui nos chegam à Europa estes pequenos saharauis, caras inocentes e sorridentes mas também muitas vezes com lágrimas que passam algumas semanas longe dos campos de refugiados e ficam a conhecer o “primeiro mundo”.

Famílias e instituições acolhem as crianças e fazem promessas, esforçam-se para lhes proporcionar aquilo a que nós no primeiro mundo achamos que é necessário para ter uma infância feliz.

Read more

Ayúdanos a difundir >>>