O Sindicato co.bas pede amparo à ONU diante da brutal repressão marroquina no Sahara Ocidental

PUSL.- O Sindicato das comissões de base das Canárias (Co. Bas) pede ao governo da Espanha que solicite a intervenção ” URGENTE ” do secretário-Geral das Nações Unidas, Antonio Guterres, ” para investigar a morte da jovem Saharaui Sabah Azman Heimad e acabar com a repressão exercida contra a população civil saharaui noss territórios ocupados do Sahara Ocidental.

Desde o sindicato das comissões de base das Canárias (Co. Bas) pedimos ao governo de Espanha, como membro do conselho dos direitos humanos, que solicite a intervenção ” URGENTE ” do secretário-Geral das Nações Unidas, Antonio Guterres, ” para investigar a morte dajovem Saharaui Sabah Azman Heimad e pôr fim a A repressão exercida contra a população Saharaui nos territórios ocupados do Sahara Ocidental.

No passado dia 19 de julho centenas de saharauis saíram às ruas para celebrar a vitória na Copa Africana das nações da seleção da Argélia. As forças de ocupação marroquina aumentaram a repressão a partir desse momento com detenções arbitrárias e saques de casas de ativistas saharauis e suas famílias, semeando o terror entre a população.

Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Associação dos Amigos da RASD – Francia: No Sahara Ocidental ocupado, repressão cruel contra civis saharauis

PUSL.- Neste sábado, 20 de julho de 2019, os saharauis que vivem nas principais cidades do Sahara Ocidental ocupadas por Marrocos queriam, como muitos outros adeptos africanos, celebrar a vitória da equipa argelina na Taça das Nações Africanas.

Mas a celebração não parece possível no Sahara Ocidental ocupado, especialmente na capital El Aaiun. De fato, as forças marroquinas de repressão sempre presentes na cidade foram lançadas contra uma multidão que veio celebrar essa vitória.

Canhões de água, equipamento militar, forças policiais e militares entraram em confronto com essa multidão pacífica. Uma mulher de 23 anos, Sabah OTHMAN AMEIDA, perdeu a vida, esmagada por um veículo que atingiu a multidão a toda velocidade. Várias mulheres também foram feridas no rosto e não tiveram acesso aos cuidados, pois o hospital estava fechado.

Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Eurodiputado João Ferreira do PCP questiona Morgherini sobre vaga de repressão no Sahara Ocidental

PUSL / Jornal Tornado.- O Eurodeputado do Partido Comunista Português questionou Mogherini, Vice-Presidente da Comissão/Alta Representante da União para os Negócios Estrangeiros e a Política de Segurança sobre a vaga de repressão nos territórios ocupados do Sahara Ocidental contra a população saharaui nos últimos dias.

João Ferreira alerta que é urgente pôr cobro à situação vivida e questiona se Morgherini tem conhecimento do sucedido e quais as medidas a tomar no âmbito dos acordo UE/Marrocos, que incluem cláusulas relativas aos direitos humanos.

Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Solidariedade ao Povo Saharaui – Associação de Amizade e Solidariedade ao Povo Saharaui (Brasil)

PUSL.- Diante de mais um brutal e covarde ataque das forças de segurança do Marrocos contra o povo saharaui, que resultou em mortos e feridos na última semana, manifestamos solidariedade e apoio aos lutadores que se opõe ao plano genocida do rei de Marrocos, que tudo tem feito para anexar o território do Sahara Ocidental, oprimindo a população, assassinando e prendendo as lideranças saharauis, e ignorando as resoluções das Nações Unidas para colocar um fim ao conflito que dura mais de 40 anos na região.

Manifestamos nossa solidariedade aos familiares da jovem saharaui Sabah Azman Hamida, morta covardemente pelas forças de segurança do rei Mohamed VI, durante as últimas manifestações ocorridas em El Aaiun e Dajla, onde o povo saharaui continua a luta pela independência do país e pela libertação dos presos politicos.

Todo o apoio ao povo saharaui e à luta pela independência e liberdade do Sahara Ocidental! Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Nota do PCdoB sobre repressão desencadeada no Sahara Ocidental

PUSL.- Na última sexta-feira à noite (19), milhares de jovens saharauis foram às ruas de várias cidades e aldeias do Sahara Ocidental ocupadas pelo Marrocos para celebrar a vitória da equipa de futebol argelino na Copa Africana de Nações. As manifestações pela vitória tornaram-se rapidamente em manifestações massivas, espontâneas e pacíficas para o fim da ocupação marroquina e a independência do Sahara Ocidental.

As forças policiais marroquinas responderam com repressão brutal que já matou pelo menos um manifestante, Sabah Azman Hamida, 23, e feriu dezenas de pessoas.

O Partido Comunista do Brasil (PCdoB) expressa sua firme condenação pelo violento colonialismo marroquino e exige que o Reino de Marrocos cesse a onda de repressão contra os manifestantes.

Read more

Ayúdanos a difundir >>>