O PSOE afirma em programa eleitoral que irá apoiar as negociações sobre o Sahara Ocidental na ONU e em outras instituições e que a MINURSO monitora os Direitos Humanos

PUSL.- Segundo publicado hoje na imprensa espanhola o PSOE (Partido Socialista Obrero Español) apoiará as negociações sobre o Sahara Ocidental na ONU e em outras instituições internacionais e que a MINURSO monitora os Direitos Humanos. A MINURSO (Missão das Nações Unidas para o Referendo no Sahara Ocidental) foi estabelecida em 1991 após o cessar fogo acordado entre Marrocos e Frente Polisario, quando Marrocos estava a perder a guerra. Até ao dia de hoje Marrocos não cumpriu com o prometido e tem adiado consecutivamente a realização do referendo com o apoio de França e Espanha.

A proposta de “Programa Comum Progressivo” apresentada na terça-feira pelo PSOE inclui entre seus compromissos “promover o reconhecimento do Estado Palestino pelos Estados Membros da UE” e apoiar os processos de negociação para encontrar uma solução para o Sahara Ocidental.

Essas são duas questões específicas que não foram incluídas no documento “Avanços da Espanha” que o PSOE apresentou no final de julho, mas está agora presento no seu programa eleitoral para as eleições de abril.

Read more

Ayúdanos a difundir >>>