Activista saharaui detida e agredida durante o julgamento do seu primo menor

PUSL.- A activista saharaui Mahfouda Elfakir, foi detida na manhã de sexta-feira dia 15 no tribunal de El Aaiun, Sahara Ocidental ocupado onde assistia ao julgamento do seu primo Mansour Elmoussaoui de 15 naos de idade, que foi condenado a 1 mês de prisão. Mansour foi detido no passado dia 28 de Outubro sendo acusado de participar nas comemorações da vitória da equipa Argelina na Copa de África,

A jovem mãe de família membro da associação “Coordenadora de Gdeim Izik” e da Associação de Direitos Humanos Marroquina foi detido dentro da sala onde decorria o julgamento sob o pretexto de ter “agredido um funcionário” quando perguntou algo sobre o processo do seu primo.

Ao recusar-se a subir para dentro de uma furgoneta de transporte de presos de delito comum, todos homens, foi espancada à frente de todos os que estavam no julgamento de forma brutal.

Read more

Ayúdanos a difundir >>>