Sahara Ocidental, uma questão pendente para o novo governo espanhol

Fotografía: Plataforma Gritos contra el muro

Miguel Urban – eldiario.es

  • O governo espanhol deve tomar medidas para deixar de ser um problema como antes e tornar-se parte da solução para o problema político no Sahara Ocidental
  • Os saharauis decidiram mudar, a questão é se o farão sozinhos ou pela primeira vez o novo governo estará disposto a acompanhá-los
  • Durante todos estes anos, a Espanha cedeu à chantagem de Marrocos pensando que a opinião pública de Espanha acabaria por esquecer os saharauis

“Os saharauis têm que agir para que a comunidade internacional se mova, estamos à espera há muito tempo para iniciar uma nova etapa.” Estas foram as palavras de Jatri Aduh, presidente do Conselho Nacional Saharaui, durante a nossa reunião em Tifariti, no âmbito do XV Congresso da Frente Polisario. Um resumo esplêndido do sentimento geral que foi sentido nesta conferência política transcendente após mais de 28 anos de insuportável bloqueio pela comunidade internacional após o cessar-fogo de 1991. Já se tornou um dos mais antigos conflitos internacionais em que Participa uma missão da ONU, cuja única tarefa era um referendo a ser realizado seis meses após o referido acordo.

Read more

Ayúdanos a difundir >>>