CAF muda o local de reunião e celebrações de El Aaiun, Sahara Ocidental ocupado para Rabat  

PUSL.- De acordo com meios de comunicação marroquinos, o Buro Executivo da Confederação Africana de Futebol (CAF) decidiu mudar o local e o horário da sua reunião, que coincide com a celebração do 63º aniversário de sua fundação, de El Aaiun, territórios ocupados do Sahara Ocidental para Rabat, capital do Reino Marroquino.

O local desta reunião foi altamente criticado pela Federação da Argélia, que advertiu que não compareceria à reunião se ocorresse nos territórios ocupados do Sahara Ocidental.

A reunião da CAF estava programada para ter lugar em El Aaiun, capital do Sahara Ocidental, a 6 de fevereiro, coincidindo com o torneio de futsal, que já foi boicotado pela Argélia e pela África do Sul e recebeu protestos de organizações não-governamentais de todo o mundo.
Marrocos decidiu sediar o torneio e, inicialmente, a reunião da CAF nos territórios ocupados para “mostrar a sua soberania” sobre o Sahara Ocidental em mais uma manobra para transformar a ocupação ilegal num fato consumado.

Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Estados exortam Espanha a respeitar os direitos do povo saharaui no Conselho dos Direitos Humanos

WSRW.- A Namíbia e Timor-Leste recomendaram hoje que a Espanha respeite o direito do povo saharaui ao consentimento livre, prévio e informado no que diz respeito à exploração dos recursos naturais do Sahara Ocidental.

A Espanha passou hoje pela sua terceira Revisão Periódica Universal; uma revisão por pares por outros Estados Membros da ONU dos direitos humanos do país.

A Namíbia e Timor-Leste aproveitaram a oportunidade para manifestar as suas preocupações sobre o envolvimento da Espanha no roubo dos recursos naturais do Sahara Ocidental e recomendaram que a Espanha respeitasse o quadro internacional de Empresas e Direitos Humanos e, como tal, respeitasse o direito ao consentimento dado de forma livre, prévia e informado do povo saharaui à retirada de recursos da sua pátria.

Durante as duas revisões anteriores da UPR da Espanha em 2010 e 2015, nenhum Estado tratou da responsabilidade continuada da Espanha em relação ao Sahara Ocidental.

Read more

Ayúdanos a difundir >>>