Chile – O deputado Gutiérrez pede para controlar navio com suposta carga ilegal proveniente do Sahara Ocidental

PUSL.- Por meio de um pedido formal a 26 de Junho, o deputado comunista Hugo Gutiérrez, solicitou ao comandante-em-chefe da Marinha, almirante Julio Leiva, uma inspeção da “Venture Pearl”, embarcação com bandeira liberiana que estaria perto de navegar nas águas chilenas e transporta carga de fosfato do Sahara Ocidental.

Segundo a imprensa local, o deputado afirmou que “creio que uma das lutas que ocorrem no mundo que são mais invisíveis é a luta do povo saharaui pela sua independência, para terminar com anos e anos de colonização e o uso que Marrocos faz de suas terras, incluindo o usufruto de todos os seus recursos naturais “.

O Panamá proibiu esse comerciante de entrar pelo Canal do Panamá respeitando a lei internacional que proíbe a exploração dos recursos naturais do Sahara Ocidental por Marrocos sem o consentimento expresso do povo saharaui.

Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Autoridades marroquinas invadiram a oração fúnebre do conhecido rapper saharaui FLITOX

PUSL.- Sexta-feira, 28 de junho, as autoridades marroquinas invadiram a mesquita de El Aaiun, no Sahara Ocidental ocupado, para impedir que a população saharaui participasse nas orações fúnebres de Said Uld Lili.

Said Lili, era um rapper saharaui conhecido como FLITOX, as suas canções defendiam a independência do Sahara Ocidental e ele participou num documentário sobre a realidade da ocupação ilegal do Sahara Ocidental por Marrocos.

Lili morreu no domingo, 23 de junho, numa tentativa de emigrar para as Ilhas Canárias com um grupo de 36 pessoas numa pequena embarcação. 20 outros companheiros de viagem morreram nesta tentativa. A sua morte e dos seus companheiros de barco ocorreu em circunstâncias misteriosas e nenhuma investigação foi iniciada.

Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Ali Al-Taluki, activista saharaui, condenado a um ano de prisão pelo tribunal de Smara

PUSL.-Ali Al-Taluki foi condenado ontem a um ano de prisão pelo tribunal de Smara, territórios ocupados do Sahara Ocidental. O jovem foi acusado de “agredir funcionários durante o desempenho das suas funções, participar numa manifestação e estar em pose de uma arma”.

A acção brutal de um comando paramilitar marroquino contra Al-Taluki e dois outros activistas está documentada em vídeo e é prova que toda a acusação se baseia em falsas declarações da policia.

As autoridades marroquinas espancaram brutalmente os três activistas saharauis na recepção do preso político e jornalista Salah Lebsir, que foi libertado a 7 de Junho. Os activistas saharauis foram de imediato detidos e presentes a tribunal posteriormente.

Após a intervenção brutal em Smara Salik Mubarak Abdi e Walid al-Salik Albatal foram transferidos a 10 de Junho para a cidade de El Aaiun e presentes ao tribunal de recurso ao juiz de instrução.

Ali Al-Taluki foi presente ao tribunal de Smara no mesmo dia. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Advogados espanhóis impedidos por autoridades Marroquinas de sair do avião no Sahara Ocidental ocupado

PUSL.- As autoridades marroquinas impediram três advogados de sair do avião em El Aaiun, no Sahara Ocidental, sob ocupação marroquina desde 1975.

Os três advogados do Conselho Geral de Direito Espanhol pretendiam participar como observadores no julgamento contra a jornalista saharaui Nazha El Khalidi que teve lugar ontem. Nazha El Khalidi aguarda em liberdade a sentença que será publica no próxima dia 8 de Julho.

Inés Miranda Navarro, Miguel Ángel Jerez Juan e José María Costa Serra – chegaram no dia 23 de junho, domingo de manhã de avião a El Aaiún desde a Gran Canaria, mas nem sequer saíram do avião.

As autoridades marroquinas tentam contornar a “expulsão” de estrangeiros simplesmente não permitindo que saiam do avião em El Aaiun, uma técnica que foi usada várias vezes no passado recente.

Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Saadoni, preso politico saharaui transferido para Bouzakarn e colocado em isolamento

PUSL.- Ali Saadoni, preso politico saharaui, foi transferido ontem às 3h00 da madrugada da prisão de El Aaiun no Sahara Ocidental ocupado para a prisão de Bouzakarn em Marrocos.

Segundo a nossa fonte o preso politico estava em estado grave de saúde e num estado geral miserável.

Ao chegar a Bouzakarn foi colocado de imediato em isolamento.

A 29 de Abril passado o ativista Saharaui Ali Saadoni foi condenado a 7 meses de prisão e uma multa de 5000 Dirham (480Euros).

O acesso ao julgamento foi restrito, assistindo a mãe e irmã de Saadoni mas os ativistas saharauis foram impedidos de entrar assim como o tradutor de dois advogados espanhóis acreditados pelo conselho de advocacia espanhola.

O advogado de defesa denunciou as várias violações dos procedimentos processuais e afirma que não se tratou de um julgamento com as garantias necessárias para que se possa considerar um julgamento justo e imparcial. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

LIBERTADO SAHARAUI DETIDO E TORTURADO POR FILMAR NEGLIGÊNCIA MÉDICA

PUSL.- Souieh El Bachir foi libertado ontem às 17h00, após 3 dias de detenção arbitrária.

EL Bachir detido pela policia no Domingo às 16h00 no hospital Ben El Mehdi, em Aaiun, Sahara Ocidental Ocupado por filmar uma Saharaui que estava a protestar devido ao facto dos médicos do hospital se recusaram a tratar o seu filho com queimaduras graves e ao qual não foram sequer prestados os primeiros socorros.

El Bachir que se encontrava no hospital e presenciou esta situação começou a gravar o que estava a suceder.

De imediato a policia detém El Bachir que foi levado para a esquadra onde foi torturado pela policia e detido durante 73horas.

No dia 18 de Junho El Bachir foi levado ao procurador do Rei.

O vídeo captado poderia provar a nível internacional o que se passa nos hospitais nos territórios ocupados e o genocídio que é praticado diariamente contra o povo Saharaui.

Aguarda-se agora o desenrolar do procedimento judicial de El Bachir. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

COMISSÃO DE DECOLONIZAÇÃO – CUBA “IMPERATIVA A IMPLEMENTAÇÃO DE TODAS AS DELIBERAÇÕES E DECISÕES ADOPTADAS PELA ONU NO SAHARA OCIDENTAL”

Nova York (EUA), 18 de junho de 2019 (SPS) – A República de Cuba insistiu que as resoluções pertinentes da Assembléia Geral e do Conselho de Segurança da ONU sobre o SaHara Ocidental e o processo de descolonização inacabado sejam cumpridos.

Através do embaixador na ONU, Rivero Rosario, Cuba reiterou o apelo do seu país para que a comunidade internacional mostre mais apoio ao povo saharaui e renovou o seu firme apoio à luta pela autodeterminação e independência. “O povo saharaui poderá sempre contar com a firme solidariedade do nosso povo na sua luta pelo exercício dos seus legítimos direitos. Cuba, como tem tradicionalmente feito, continuará a apoiar uma solução justa e definitiva para a questão do Sahara Ocidental, “disse o diplomata cubano.

Durante o seu discurso na Reunião do Comitê de Descolonização, Rivero Rosario destacou que “o Comitê Especial sobre Descolonização das Nações Unidas declarou o Sahara Ocidental como um território não autônomo há 56 anos. Nos últimos 23 anos, várias resoluções da Assembleia Geral, do Conselho de Segurança e da União Africana ratificaram o direito à autodeterminação do povo saharaui, em conformidade com a resolução 1514 (XV) das Nações Unidas sobre a concessão de independência dos países e povos coloniais”.

Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Saharaui detido e torturado por filmar negligência médica nos territórios ocupados

PUSL.- Souieh El Bachir foi detido pela policia no Domingo às 16h00 no hospital Ben El Mehdi, em Aaiun, Sahara Ocidental Ocupado.

El Bachir estava a filmar uma Saharaui que estava a protestar porque os médicos do hospital se recusaram a tratar o seu filho com queimaduras graves.

Nenhum primeiro auxilio foi prestado ao jovem queimado e a mãe começou a protestar exigindo tratamento e denunciando a situação.

El Bachir que se encontrava no hospital e presenciou esta situação começou a gravar o que estava a suceder.

De imediato a policia detém El Bachir que foi levado para a esquadra onde foi torturado pela policia.

O Saharaui El Bachir vai ser presente ao procurador do Rei durante o dia de hoje.

Os casos de maus tratos, negligência médica intencional, recusa de tratamentos e mortes suspeitas de saharauis às mãos dos médicos marroquinos são frequentes.

O video captado poderia provar a nivel internacional o que se passa nos hospitais nos territórios ocupados e o genocidio que é praticado diariamente contra o povo Saharaui.

Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Sahara Ocidental: Marrocos deve ser isolado por todos os países – Congresso Trabalhista da Nigéria

Premium Times. -13 de junho de 2019 Busayo Adegbola

O Congresso Trabalhista da Nigéria (NLC, na sigla em inglês) pediu o isolamento de Marrocos por manter o Sahara Ocidental sob controle colonial e impedir que o Estado conquiste a soberania.

O Presidente do Congresso Trabalhista Nigeriano (NLC), Ayuba Wabba, afirmou isto numa conferência de imprensa na sede do Congresso em Abuja durante a visita do Presidente da República Árabe Saharaui Democrática (RASD) à Nigéria.

O Sr. Wabba, que foi representado pelo Presidente da União Nacional dos Trabalhadores do Transporte Rodoviário (NURTW), Najeem Yasin, disse que o NLC estava plenamente consciente e envolvido na luta do povo saharaui contra o poder colonial do Marrocos.

“Enquanto o Sahara Ocidental não for livre, a África não é livre e todos os africanos e países africanos devem estar envolvidos na luta”, disse.

Read more

Ayúdanos a difundir >>>

‘AS ACACIAS DO ÊXODO’, DE CONCHI MOYA LIVRO SOBRE A MEMÓRIA E A ESPERANÇA DOS SAHARAUIS

Conchi Moya escreve histórias sobre personagens reais, famosas e anônimas

“Quero que os saharauis sejam conhecidos e seja denunciada a injustiça cometida a um povo digno e corajoso”, garante

* Fonte: RTVE. Por JESÚS JIMÉNEZ (@vinetabocadillo) 13.06.2019

O povo saharaui pede a autodeterminação há quase meio século para poder viver em paz nas suas terras. Mas as suas esperanças de consegui-lo parecem cada vez mais distantes para a ocupação marroquina e a indiferença internacional. Agora a escritora Conchi Moya (Madrid, 1971) dá voz a pessoas famosas e anônimas numa série de histórias que ela escreveu sobre o assunto: “As Acácias do Exodo” (Sílex ediciones), que nos permitem melhor compreender os sonhos e esperanças dos saharauis.

“Todas as histórias têm em comum que giram em torno dos saharauis”, diz Conchi. Eu escolhi o tempo como uma maneira de estruturá-los. Portanto, há três partes: o ontem, onde coleciono histórias da época em que a Espanha ainda estava no território e do momento do abandono marroquino e da invasão subsequente; o hoje, com histórias inspiradas no actual período de impasse, uma situação nem de paz nem de guerra muito perigosa para os saharauis, e uma terceira parte do amanhã, onde reflito o anseio pelo que espero que aconteça em breve no Sahara através de uma história relacionada com os músicos saharauis de todos os tempos “. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

REPÓRTER DE IMAGEM ESPANHOLA EXPULSA DE EL AAIUN

PUSL.- Hoje as autoridades de ocupação marroquinas expulsaram a repórter de imagem espanhola Judith Prat de El Aaiún, capital do Sahara Ocidental.

Judit Prat estava na casa do jornalista saharaui Said Amidan, quando policiais marroquinos de uniforme e à paisana forçaram Prat a sair da casa e expulsá-la da cidade, forçando-a a entrar num autocarro para a cidade de Agadir, Marrocos.

Judit Prat, é uma conhecida repórter de imagem com vários prêmios internacionais e experiência de trabalho em África, Médio Oriente e América Latina.

Desde janeiro deste ano, Marrocos expulsou 25 pessoas dos territórios ocupados do Sahara Ocidental, incluindo jornalistas, ativistas de direitos humanos e observadores.

Read more

Ayúdanos a difundir >>>
1 2 3 4 100