Noite de solidariedade com o povo saharaui em Mantes la Jolie

PUSL.- Sexta-feira, 27 de setembro, a seção do Partido Comunista Francês em Mantes La-Jolie organizou uma noite de solidariedade com o povo saharaui. A noite começou com uma intervenção do conselheiro municipal de Mantes la Jolie, Sr. Mark Jamet, que falou sobre a importância desta iniciativa para aumentar a conscienlização do público francês sobre a causa saharaui. Ele reiterou a posição de seu partido de apoio ao povo saharaui na sua luta pela liberdade e independência. O vice-representante da Frente Polisario em França e responsável pela comunidade saharaui comentou a situação atual no Sahara Ocidental. Após essas duas apresentações, houve a projeção do documentário: a última colônia da África. O qual foi seguido por um debate e discussões aprofundadas sobre a história do conflito e o status legal do Sahara Ocidental e a posição da França nesse conflito.

Entre os convidados estava Pascal Torre, responsável pelo departamento de relações externas do PCF, que falou sobre a posição da França, que com o apoio a Marrocos permite a intransigência e o desrespeito à legitimidade internacional.

Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Na quinta-feira realizou-se uma Sessão informativa sobre a situação actual do Sahara Ocidental na Associação José Afonso em Lisboa

PUSL.- A sessão organizada pela delegação da Frente Polisario em Portugal contou com a presença de representantes de organizações não governamentais, organizações religiosas, organizações de emigrantes, representantes de partidos políticos, estudantes, académicos e a representante da Comissão de Direitos Humanos da Ordem de Advogados.

Francisco Fanhais, presidente da Associação José Afonso abriu a Sessão recordando a solidariedade de Zeca Afonso e o empenho na oposição ao colonialismo.

Mohamed Fadel, delegado da Frente Polisario em Portugal, fez uma apresentação sobre a situação actual do conflito, enfocando as decisões do Tribunal de Justiça da União Europeia, a recente demissão de Horst Koehler enviado pessoal do Secretário Geral das Nações Unidas e a participação na União Africana e o seu posicionamento.

Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Seminário sobre Política e Direitos Humanos no Sahara Ocidental, em Pretória, África do Sul

PUSL.- Na última segunda-feira, dia 13 de maio, realizou-se no Conselho de Pesquisas em Ciências Humanas, em Pretória, na África do Sul, um Seminário sobre Política e Direitos Humanos no Sahara Ocidental.

O seminário foi organizado pelo Instituto Africano da África do Sul e co-organizado pela Africa Solidarity for Sahrawi e PorUnSaharaLibre.org (PUSL). Este seminário pretendia abordar os aspectos políticos e de direitos humanos que precisam ser considerados ao desenvolver uma solução para o conflito . Atualmente, as negociações para resolver a disputa foram reativadas. Tem havido grandes preocupações com os direitos humanos neste conflito, estando um grande número de saharauis em campos de refugiados, sob ocupação marroquina ou na prisão. Há mais de 40 anos que o povo saharaui espera exercer o seu direito à autodeterminação.

O Dr. Check Achu, Especialista Sênior em Pesquisa da AISA / HSRC fez a abertura do seminário, seguido pelo Dr. Onuorah Obodozie, Investigador Associado do Instituto de Estudos da Renascença Africana, que fez um breve resumo dos eventos que levaram ao conflito. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Conferência sobre Sahara Ocidental na Universidade de Pretória – África do Sul

PUSL.- O Instituto de ciências politicas da Universidade de Pretória (DSPUP) acolheu, no dia 9 de Maio uma conferência sobre o Sahara Ocidental e os recentes desenvolvimentos a nível político e a realidade no terreno, co-organizada pela Africa Solidarity with Saharawi (ASS), Sand Blast e PorUnSaharaLibre.org (PUSL).

O Prof. Siphmandla Zondi do (DSPUP) e o Dr. Atabongwong Gallous da ASS fizeram uma breve introdução. O Sr. Gallous falou dos recentes desenvolvimentos e o contexto histórico e político do conflito do Sahara Ocidental.

Isabel Lourenço, colaboradora do PUSL e membro da FUSO, investigadora do Centro de Estudos Africanos da Universidade do Porto, que recentemente publicou um relatório sobre a situação vivida pelas crianças e jovens saharauis sob ocupação no Sahara Ocidental, apresentou não só esse relatório, mas também um relato sobre o dia a dia, as dificuldades e a repressão que afecta toda a população sob ocupação marroquina. O papel da MINURSO e a ausência de um componente de direitos humanos no seu mandato, assim como o papel da União Africana e os presos políticos saharauis foram outras das questões abordadas. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Declaração Conferência de Solidariedade da SADC com o Sahara Ocidental

Nós, Os Chefes de Estado e de Governo ou representantes dos seguintes Estados Membros da SADC:

  1. República de Angola,
  2. República do Botsuana
  3. República Democrática do Congo,
  4. Reino de Eswatini,
  5. Reino do Lesoto
  6. República do Malawi,
  7. República da Maurícia,
  8. República de Moçambique,
  9. República da Namíbia,
  10. República das Seychelles,
  11. República da África do Sul,
  12. República Unida da Tanzânia,
  13. República da Zâmbia e
  14. República do Zimbabué,

Read more

Ayúdanos a difundir >>>

África do Sul pede a implementação das resoluções da ONU sobre o Sahara Ocidental

Cyril Ramaphosa, Presidente da África do Sul

PUSL.- Cyril Ramaphosa, Presidente da África do Sul, apelou hoje à ONU a implementar “sem demora” as resoluções aprovadas no âmbito da resolução do conflito do Sahara Ocidental, incluindo as relativas ao direito inalienável à autodeterminação do povo saharaui, reafirmando o seu apoio aos esforços de mediação em curso, pelo enviado pessoal do Secretario Geral das Nações Unidas, Horst Kohler, entre as duas partes em conflito, Marrocos e a Frente Polisario.

O discurso do Presidente sul-africano no segundo dia da conferência de solidariedade com o povo saharaui, da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), em Pretória, reafirmou a ajuda e o apoio do seu país aos saharauis e às Nações Unidas para ” a rápida implementação das resoluções sobre a resolução do conflito do Sahara Ocidental, incluindo a que prevê o direito à autodeterminação do povo saharaui”. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

SADC – África não estará verdadeiramente livre até que a última colónia, o Sahara Ocidental, seja descolonizada

Lindiwe Sisulu, Ministra das Relações Internacionais e Cooperação de África do Sul

PUSL.- A Conferência de Solidariedade dos Ministros da SADC com o Sahara Ocidental servirá para lembrar à região que a África não estará verdadeiramente livre até que a última colónia, a República Árabe Saharaui Democrática, seja descolonizada, disse a Ministra das Relações Internacionais e Cooperação de África do Sul, Lindiwe Sisulu.

Sisulu fez estas declarações ao receber os convidados no primeiro dia da conferência de dois dias em Pretória, na segunda-feira.

A reunião preparatória dos Ministros da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) e dos Ministros participantes de outras regiões teve lugar antes da Conferência de Solidariedade da SADC com o Sahara Ocidental pelos Chefes de Estado e de Governo agendada para hoje. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Autonomia não é opção: diz Ministro Sul Africano na Conferência de solidariedade da SADC

PUSL.- O vice-ministro das Relações Internacionais e Cooperação, Luwellyn Landers, diz que a cimeira da SADC está a ser realizada para demonstrar solidariedade com o povo do Sahara Ocidental. Numa entrevista esta manhã Landers reafirma que a única solução para o conflito e a autodeterminação do povo saharaui. O plano de autonomia que Marrocos exige não é uma opção, afirma o Ministro.

Landers diz que a intenção da conferência de solidariedade é apoiar o povo do Sahara Ocidental a alcançar um estado soberano e independente. Sobre as negociações em curso promovidas por Horst Koehler enviado pessoal do SG das ONU o representante sul africano disse que as opiniões de Koehler têm que ser valoradas mas que há outras opiniões que se têm que ter em conta.

Sobre a adesão de Marrocos à UA, Landers diz que a questão colonial em África é clara no acto constituitivo e que o conflito do Sahara Ocidental tem que ser resolvido com as Nações Unidas e a União Africana. As Nações Unidas têm falhado não só o povo saharaui, como o do Iemen, da Siria e muito outros : “talvez seja tempo que as Nações Unidas façam um balanço” diz o ministro. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Marrocos falha em tentativas de boicotar a conferência de solidariedade da SADC com o povo do Sahara Ocidental

iol.co.za / SHANNON EBRAHI* .- Aparentemente Marrocos tentou de tudo para desviar a atenção da Conferência de Solidariedade da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC) com o povo do Sahara Ocidental, que terá lugar em Pretória na segunda e terça-feira.

A tentativa de Marrocos de neutralizar os esforços africanos para encontrar uma solução para o conflito e garantir a libertação da última colônia da África é uma medida que demonstra a sua intransigência e desespero.

Chefes de estado africanos e ministros das Relações Exteriores de todo o continente, bem como alguns dignitários estrangeiros, irão participar na conferência. Isto representa uma ameaça para a agenda de Marrocos – para encerrar qualquer tentativa de avançar o processo de paz. Marrocos opõe-se ao envolvimento da UA. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

África do Sul informa sobre a Conferência de Solidariedade da SADC sobre o Sahara Ocidental

Joanesburgo, África do Sul (ADV) – O ministro das Relações Internacionais e Cooperação da África do Sul, Lindiwe Sisulu, informará na próxima semana, membros da imprensa sobre o estado de preparação da Conferência de Solidariedade da SADC com a República Democrática Árabe Saharaui / Sahara Ocidental.

No início deste mês, o Departamento de Relações Internacionais e Cooperação (DIRCO) anunciou que a África do Sul e a Namíbia serão co-anfitriãs da Conferência de Solidariedade da SADC no Sahara Ocidental, marcada para 25 a 26 de Março de 2019 em Pretória.

Durante um debate sobre o discurso do Estado da Nação, o Presidente Cyril Ramaphosa disse que a Conferência de Solidariedade será “em apoio à luta do povo saharaui contra a ocupação colonial do seu território”. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Situação do povo Saharaui discutida em Lisboa

PUSL – Joana Ramos .- No dia 9 de março, esteve em discussão n’A Casa da Cidade a presente situação do povo Saharaui, cujo território foi ocupado em 1975 pelas forças militares marroquinas. Esta foi mais uma das atividades desenvolvidas por cidadãos que, preocupados com as precárias condições de vida dos saharauis nos territórios ocupados e nos campos de refugiados, procuram aumentar não apenas a consciência social sobre esta que é a última colónia de África mas também dar o seu contributo para a possível solução deste conflito e a autodeterminação do povo saharaui.

Este evento contou com a participação de Isabel Lourenço, observadora da Fundação Sahara Occidental ativista pela defesa dos direitos humanos deste povo e que apresentou na passada semana na Universidade do Porto um relatório sobre “o abuso dos direitos das crianças e estudantes saarauís nos territórios ocupados do Sahara Ocidental”.

Este estudo resulta de 5 anos de trabalho e de recolha de dados no terreno (Sahara Ocidental, Marrocos, Espanha e França), e propõe-se a falar em nome das crianças sem voz. Reporta a violência, os atos de tortura, humilhação e discriminação a que são sujeitos os milhares de jovens desta zona esquecida pela comunidade Internacional. Read more

Ayúdanos a difundir >>>
1 2