Preso politico Saharaui Lahoucine Amaadour em greve de fome

PUSL.- O preso político saharaui Lahoucine Amaadour (nome saharaui Husein Bachir Brahim) entrou em greve da fome a 9 de Abril contra os graves maus tratos e a negação arbitrária das visitas de familiares.

O líder estudantil foi entregue às autoridades marroquinas em Nadour, Marrocos, em 17 de janeiro pelas autoridades espanholas que expulsaram Amaadour após a sua chegada às ilhas Canárias sem ter sido respeitado o processo legal após o seu pedido de asilo político.

À chegada a Nadour, o jovem foi submetido a um primeiro interrogatório pelas autoridades marroquinas, com base num mandado de busca e apreensão.

Segundo as informações da família, Amaadour recusou-se a assinar os documentos que lhe foram apresentados, pois o conteúdo não corresponde às suas declarações. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Tribunal de recurso condena estudantes saharauis

O julgamento dos estudantes saharaui conhecidos como grupo Companheiros El Uali, que se realizou ontem em Marraquexe, não alterou as sentenças atribuidas pelo tribunal de primeira instância.

O julgamento que foi publico contou com a presença de 4 observadores internacionais, mas em clara violação das regras de um julgamento público as familias dos presos não foram autorizadas a assistir.

PUSL ha acompañado este proceso desde la detención de estos jóvenes en 2016. Para más información consultar el informe publicado y los artículos. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Novo adiamento do julgamento aos estudantes saharauis em Marraquexe

O julgamento de recurso dos jovens estudantes saharauis presos em Marraquexe, condenados em 22 de junho do ano passado, com sentenças de 3 anos para 11 alunos e 10 anos para 4 deles, foi adiado até o próximo 13 de março.

Este novo adiamento foi feito a pedido da nova equipe de advogados, formada pelos Sahrawis Lili, Buzaid e Ejellali, a fim de preparar a defesa dos acusados.

O grupo de estudantes julgados entrou na sala de tribunal novamente gritando slogans em favor da independência do Sahara Ocidental e demonstrando em diversas ocasiões a sua solidariedade com os prisioneiros do Grupo Gdeim Izik.

Durante a sessão de hoje, Isabel Lourenço, Sébastien Boulay, Pablo Jiménez, Aritz Rodríguez, Sandra Gómez de Garmendia e Amaia Arenal estavam presentes como observadores internacionais. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Julgamento de recurso do grupo de estudantes saharauis adiado


Foi adiada a sessão do julgamento processo de recurso interposto pelo grupo de 15 estudantes saharauis detidos na prisão de Marraquexe.

A sessão que teve inicio com vários horas de atraso, serviu apenas para informar que o julgamento iria ser adiado para 16 de Janeiro de 2018.

Este grupo de estudantes foi condenado a 22 de Junho do ano passado, tendo 11 estudantes penas de 3 e 4 estudantes penas de 10 anos de prisão.

PUSL tem acompanhado este processo desde a detenção destes jovens em 2016.

Para mais informações consultar o relatório publicado e os artigos. Read more

Ayúdanos a difundir >>>