MOHAMED BOURIAL PRISIONEIRO POLÍTICO SAHARAUI TRANSFERIDO PARA TIFLET

PUSL.- A família de Mohamed Bourial informou que o prisioneiro político do grupo Gdeim Izik foi transferido de volta para Tiflet2 nesta terça-feira, depois de passar 82 dias em Bouzakarn desde 21 de junho.

A administração da prisão de Bouzakarn ficou com todos os pertences do Sr. Bourial. Durante a sua detenção na prisão de Bouzakarn, ele permaneceu em confinamento solitário prolongado, como é o caso em Tiflet.

Em Tiflet, estão quatro dos presos políticos saharauis do grupo de Gdeim Izik. El Bachir Khadda, Abdallahi Abbahah, Mohamed Lamin Haddi e Mohamed Bourial.

Tiflet é a prisão mais distante de El Aaiun e onde os maus-tratos e o isolamento dos presos políticos saharauis têm sido uma constante.

Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Preso politico saharaui Mohamed Bourial suspende greve de fome após 30 dias

PUSL.- Mohamed Bourial que entrou em greve de fome no passado dia 20 de Março suspendeu a sua greve hoje no 30º dia.

O preso politico saharaui do grupo de Gdeim Izik está num estado de saúde alarmante e não teve qualquer tipo de assistência médica durante a greve de fome. Após a visita do Diretor da Prisão Tiflet2 e de um representante da DGAPR (Direção Geral da Administração das Penitenciarias e Reinserção Social) e a promessa que será transferido para uma prisão mais perto da sua família no verão, Mohamed Bourial suspendeu a sua greve de fome.

Mohamed Bourial que tem uma pena de 30 anos está em isolamento prolongado, é vitima de maus tratos e está na Prisão Tiflet2 em Marrocos a mais de 1300km da sua família que reside em El Aaiun, Sahara Ocidental. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

25º dia de greve de fome de Mohamed Bourial preso politico de Gdeim Izik

PUSL.- Mohamed Bourial preso politico saharaui do grupo Gdeim Izik entrou hoje no 25º dia de greve de fome que iniciou no passado dia 20 de Março.

Segundo informações da família Bourial encontra-se num estado de debilidade.

Não teve visita de nenhum médico e nem a administração nem outras autoridades entraram em contacto com Bourial. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Família de BOURIAL, prisioneiro do grupo GDEIM IZIK em protesto

PUSL.- Ontem 31 de Março ao final da tarde a Família de Mohamed Bourial, preso politico saharaui em greve de fome organizou um protesto não violento em El Aaiun.

A família quis assim expressar o seu apoio a Bourial e denunciar a situação em que se encontram os presos políticos do grupo de Gdeim Izik.

Na casa da Família os manifestantes começaram a organizar-se a meio da tarde, preparando os cartazes e bandeiras saharauis. A policia de ocupação marroquina de imediato cercou a casa impedindo a saída dos manifestantes como se pode ver no vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=43YMEdmehBg Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Comunicado da família do Sr. BOURIAL, prisioneiro do grupo conhecido como GDEIM IZIK

PUSL.-O Sr. Mohamed Bourial está preso em Marrocos desde 2010, após o desmantelamento do chamado acampamento Gdeim Izik. Foi condenado a 30 anos na ausência de qualquer outra prova além das confissões extraídas sob tortura.

Apesar dos seus pedidos para investigar a tortura que sofreu, o Reino do Marrocos nunca realizou uma investigação imparcial, nem interrompeu o tratamento cruel e desumano contra ele. Esses maus tratos continuaram depois a sua transferência para a prisão de Tiflet2 – em março de 2018 -, na qual ele se encontra agoraem isolamento, privado de visita, em estado precário de saúde e sem nenhum tipo de atenção médica. É neste contexto que ele mandatou através da sua família a sua advogada a apresentar uma comunicação ao Comitê contra a Tortura da ONU em novembro de 2018.

Para que a situação evolua, Mohamed decidiu iniciar uma greve de fome com a principal exigência de proteção das mais altas autoridades internacionais contra qualquer forma de tortura ou tratamento desumano. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Mohamed Bourial, preso político saharaui inicia greve de fome

PUSL.- A família de Mohamed Bourial informou que este preso político do grupo Gdeim Izik iniciou uma greve de fome hoje.

Mohamed Bourial detido em Tiflet2 exige que seja transferido para uma prisão perto da sua família em El Aaiun, respeito pelos seus direitos fundamentais, fim de todos os maus-tratos, do isolamento e atenção médica.

Em Tiflet2, os presos saharauis estão sujeitos a confinamento prolongado, assédio, maus-tratos e os seus direitos básicos não são respeitados. As Famílias confrontam-se com grande dificuldades para visitá-los uma vez que Tiflet fica a mais de 1300 km de El Aaiun.

Tiflet2 é conhecida como uma das piores prisões de Marrocos, onde muitos presos só saem de lá num caixão, muitas vezes referido como o Guantánamo de Marrocos. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

O Comité contra a Tortura da ONU pediu a libertação imediata do preso político saharaui Abbahah

PUSL.-Segundo as nossas fontes, uma queixa individual foi apresentada ao Comitê contra a Tortura (CAT) em maio deste ano pela advogada de Abbahah, Maître Olfa Ouled. O CAT respondeu imediatamente após o pedido de medidas urgentes e pediu ao Governo marroquino que pusesse fim aoisolamento prolongado a que Abbahah está sujeito há mais de oito meses.

Abbahah dever ser libertado devido ao seu estado de saúde, disse o Comitê.

As medidas provisórias (medidas urgentes) são exigidas pelo CAT como uma proteção até que a decisão final sobre o caso seja dada.

A advogada Olfa Ouled não quis comentar sobre os procedimentos em curso no Comitê contra a Tortura, já que esses procedimentos são longos e confidenciais.

Mas a advogada de defesa de 18 presos políticos do Grupo Gdeim Izik reafirma que continuará a lutar na frente legal para proteger a vida desses homens inocentes que estão a morrer. Segundo ela, todo o grupo tem que ser protegido, uma vez que são infligidos danos propositados ​​à sua saúde. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Preso politico saharaui em greve de fome continua em isolamento

PUSL.- Mohamed Bourial que entrou em greve de fome no passado dia 12 de Outubro após ter sido posto em isolamento assim que chegou à prisão Tiflet2 continua na cela de castigo.

Ninguém da administração da penitenciária, nem da equipa médica visitou o preso politico saharaui do grupo de Gdeim Izik.

Bourial não tem acesso à medicação que toma diariamente, mais uma vez Marrocos desrespeita o direitos internacional e as próprias leis.

Em Tiflet2 estão também em greve de fome El Bachir Khadda há 36 dias e Abdallah Abbahah há 23 dias. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Mohamed Bourial, preso politico saharaui, em cela de castigo em isolamento total

PUSL.- Segundo informação da Familia, Mohamed Bourial preso politico saharaui está em isolamento total numa cela de castigo conhecida como “Kacho” desde a sua chega à prisão de Tiflet2 na passada sexta-feira dia 12 de outubro.

Mohamed Bourial que iniciou hoje (16 de Outubro) uma greve de fome, está condenado a 30 anos de prisão. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Preso político saharaui Mohamed Bourial entra em greve da fome

PUSL.- A família de Mohamed Bourial informou esta manhã que o preso político do grupo Gdeim Izik, Mohamed Bourial, que foi transferido para Tiflet2 na última sexta-feira, dia 12, entrará em greve de fome amanha.

Em Tiflet2 existem agora quatro presos políticos saharauís do grupo de Gdeim Izik e todos estão em greve de fome. El Bachir Khadda em greve de fome desde 18 de setembro, Abdallahi Abbahah desde 1 de outubro, Mohamed Lamin Haddi desde 5 de outubro e Mohamed Bourial inícia amanhã 16 de outubro.

Todos os presos têm as mesmas exigências para serem transferidos para uma prisão perto de suas famílias em El Aaiun, respeito pelos seus direitos fundamentais e atenção médica.

Em Tiflet2, os presos estão submetidos a confinamento prolongado, assédio, maus-tratos e seus direitos básicos não são respeitados. As famílias têm grandes dificuldades para poder visitá-los uma vez que Tiflet está a mais de 1300 km de El Aaiun. Read more

Ayúdanos a difundir >>>

O preso politico saharaui Mohamed Bourial transferido para Tiflet 2

PUSL.- A familia de Mohamed Bourial confirmou esta tarde que o preso politico do grupo de Gdeim Izik foi transferido de novo para Tiflet2 após ter estado 93 dias em Bouzakarn.

A direcção da prisão de Bouzakarn tinha informado Bourial que ia ser transferido para Tiflet1 conhecida como a prisão Guantanamo de Marrocos.

Em Tiflet2 encontram-se agora catro dos presos politicos saharauís do grupo de Gdeim Izik. El Bachir Khadda em greve de fome desde 18 de Setembro, Abdallahi Abbahah em greve desde 1 de outubro, Mohamed Lamin Haddi em greve desde 5 de Outubro e Mohamed Bourial.

É a prisão mais longe de El Aaiún e onde os maus tratos e isolamento dos presos politicos saharauís tem sido uma constante. Read more

Ayúdanos a difundir >>>
1 2