Redução de rações alimentares para refugiados saharauís

Diario16.com – O Programa Mundial de Alimentos da ONU é forçado a reduzir as rações de comida para os refugiados saharauis que vivem na Argélia

A falta de fundos disponíveis do Programa Alimentar Mundial (PAM) das Nações Unidas tem como consequência que os refugiados saharauís que vivem nos campos da Argélia recebem rações reduzidas de alimentos que não satisfazem as necessidades diárias mínimas.

O PAM teve que distribuir menos alimentos como último recurso para estender a assistência alimentar aos refugiados ao longo do tempo. O problema é que centenas de milhares de saharauís que vivem nos campos de refugiados na Argelia já recebem rações limitadas por décadas e que os cortes no orçamento do PAM os fizeram reduzir ainda mais a ponto de aumentar perigosamente o risco de desnutrição e anemia.

Leer más …Redução de rações alimentares para refugiados saharauís

Brasil faz doação humanitária à Argélia

Fonte: Agência de Notícias Brasil-Árabe

Governo brasileiro destinou R$ 1,2 milhão para a compra de alimentos no país árabe, no Sudão do Sul e no Haiti. Recursos são da Agência Brasileira de Cooperação.

São Paulo – A Agência Brasileira de Cooperação (ABC) doou R$ 1,2 milhão ao Programa Mundial de Alimentos (PMA) para ser repassado à Argélia, ao Sudão do Sul e ao Haiti. A verba tem como objetivo garantir a compra de alimentos a pessoas necessitadas nos três países.

Em nota, o PMA destaca que a Argélia abriga refugiados do Saara Ocidental e que o programa enfrenta desafios para fornecer alimentos a essa população. O Sudão do Sul passa por uma crise política e uma grave guerra civil, enquanto o Haiti sofre com as consequências da passagem de um furacão em outubro, que afetou dois milhões de pessoas.

Leer más …Brasil faz doação humanitária à Argélia

Agências da ONU alertam para a falta de financiamento para ajudar os refugiados saharauis na Argélia

Agencias ONUFuente: cuatro.com

O Programa Alimentar Mundial (PAM), o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) alertaram quarta-feira para a falta de financiamento internacional para ajudar os refugiados saharauis que vivem nos campos de refugiados na Argélia.

Na declaração conjunta, as três agências destacaram que esta falta de financiamento está perto de causar uma redução nas rações alimentares fornecidas nos campos de refugiados.

“Por mais de 40 anos, os refugiados saharauis vivem em condições extremamente duras no deserto do Sahara”, e sublinham que “permanecem altamente dependentes da ajuda humanitária externa.”

Leer más …Agências da ONU alertam para a falta de financiamento para ajudar os refugiados saharauis na Argélia

Uso de cookies

porunsaharalibre.org utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.plugin cookies

ACEPTAR
Aviso de cookies