Os participantes da Estafeta Paco Sánchez Falcón chegam a Bruxelas pedindo Liberdade para Presos Políticos e o Povo Saharaui

PUSL.- Os atletas que participam da “Estafeta Paco Sánchez Falcón pela liberdade dos presos políticos saharauis” chegaram hoje às 11h30 da manhã na Praça do Luxemburgo (Bruxelas), completando os 284 km que separam Paris de Bruxelas .

Ao chegarem a Bruxelas, foram recebidos por uma representação da comunidade saharaui na Bélgica e na França, por Maitre Olfa Ouled – advogada dos presos de Gdeim Izik, Isabel Lourenço do porunsaharalibre.org (PUSL), assim como Sidmhamed Ahmed, respobsável da diáspora na França e na Bélgica, e Mohamed Sidati ministro para a Europa da Frente Polisario.

Os atletas receberam uma condecoração e uma homenagem em agradecimento da comunidade saharaui na França e na Bélgica.

Read more

Ayúdanos a difundir >>>

TERCEIRO DIA DA ESTAFETA PARIS – BRUXELAS PELA LIBERDADE DOS PRESOS POLÍTICOS SAHARAUIS

PUSL.- Os participantes da “Maratona Paco Sánchez Falcón pela liberdade dos presos políticos saharauis” completaram hoje os 120 km da terceira etapa das quatro previstas.

Hoje deixaram a França para entrar no território belga.

Durante o jantar, foi realizada uma reunião com membros da comunidade saharaui na Bélgica, Mohamed Hassan, presidente da Associação “O Sahara não está à venda” e Mohamed Sidati, ministro da Europa da República Árabe Saharaui Democrática.

O dia de amanhã, o mais curto desta estafeta, está programado para começar às 9 horas e chegar à Praça do Luxemburgo (Bruxelas) às 11 horas, onde será realizada uma manifestação em que os atletas de maratona participarão juntamente com a comunidade saharaui na Bélgica, Olfa Ouled – advogada dos presos de Gdeim Izik, Isabel Lourenço do porunsaharalibre.org (PUSL), além de Sidmhamed Ahmed, responsável da diáspora na França e na Bélgica, e Mohamed Sidati ministro da Europa. Após a demonstração irão reunir-se no Parlamento Europeu com vários eurodeputados.

Read more

Ayúdanos a difundir >>>

SEGUNDA ETAPA DA ESTAFETA PARIS – BRUXELAS PELA LIBERDADE DOS PRESOS POLÍTICOS SAHARAUIS

PUSL.- Durante o dia 1 de novembro, sábado, terminou a segunda etapa, das quatro planeadas, da Maratona em estafeta de Paco Sánchez Falcón para a Liberdade dos Presos Políticos Saharauis.

Os atletas percorreram 115 km, 10 a mais do que haviam planeado, ainda em território francês.

Todos os participantes do evento etsão com muito animo e dispostos a chegar a Bruxelas com a mensagem de justiça para os presos políticos e liberdade para todo o povo saharaui.

Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Iniciou-se a Maratona de Paris – Bruxelas pela liberdade dos presos políticos saharauis

PUSL.- Na manhã de sexta-feira, 1 de novembro, os atletas Juan Manuel Sánchez Falcón, Miguel Ángel Sánchez Falcón, José Tejero Jarana e José Domingo Bellido Bernal de Lebrija, Pepe Pérez Benítez de Carrión e Ramón Silverio Martínez Becerra partiram de Sevilha para Paris, onde se juntaram ao residente saharaui em França Adel Abdeslam Ahmed para participar na maratona Paris – Bruxelas pela liberdade dos presos políticos saharauis.

Ao chegar ao aeroporto de Orly, em Paris, foram recebidos por representantes e membros da diáspora saharaui em França e Isabel Lourenço em nome de porunsaharalibre.org (PUSL).

No início da tarde, participaram numa manifestação na Place Saint Michel, que teve uma grande participação de membros da diáspora saharaui e simpatizantes da causa do povo saharaui, bem como de vários deputados da Assembleia Nacional Francesa, Jean Paul Lecoc do Partido Comunista Francês, a advogada dos presos politicos de Gdeim Izik Maitre Olfa Ouled e a ativista portuguesa de direitos humanos Isabel Lourenço por porunsaharalibre.org (PUSL).

Após a demonstração, começou a maratona, que percorrerá os 284 km entre a capital francesa de Bruxelas em quatro dias.

Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Fundação Leonel Brizola Do Rio De Janeiro Recebe Embaixador Do Saara Ocidental

pdt.org.br.- A Fundação Leonel Brizola-Alberto Pasqualini do Rio de Janeiro (FLB-AP/RJ) recebeu na última quinta-feira (17) o embaixador Emboirik Ahmed, representante da República Árabe Saaraui Democrática. No evento, ele falou sobre a luta saaraui para a libertação do território do domínio marroquino e autonomia administrativa. Hoje o país não é reconhecido pela maioria dos estados nacionais, incluindo o Brasil – que recentemente deu passos no sentido de o reconhecer, mas o processo foi paralisado desde o impeachment de 2016.

Na palestra, também esteve presente o cônsul-geral da Venezuela no Rio de Janeiro, Sr. Edgar González Marín.

O Sr. Ahmed agradeceu ao PDT por ter permitido o evento em que pôde falar sobre a situação do país e ser ouvido. Disse que recebeu um grande “calor humano” e que toda a solidariedade recebida o fortaleceu para o trabalho no Brasil. “O problema fundamental é que aqui, no Brasil, é muito pouco conhecida a causa saaraui, por isso a importância desse tipo de ato em que venham pessoas conhecer pouco a pouco e estendendo a todo Brasil”, completou o embaixador.

Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Força Sindical do Brasil apoia causa Saharaui

São Paulo, 3 de setembro de 2019 (SPS – PUSL) – O representante da Frente Polisario no Brasil, Emboirik Ahmed, foi recebido pelo Sr. Miguel Torres, presidente da União de sindicatos brasileiros “Força Sindical” , na sua sede na cidade de São Paulo, segundo fonte da Representação da Frente POLISARIO no Brasil

No encontro, ambas as partes discutiram a situação no Brasil e na República Árabe Saharaui Democrática , concordando em fortalecer os laços de amizade entre trabalhadores brasileiros e saharauis.

Ahmed teve a oportunidade de explicar ao presidente do sindicato brasileiro os eventos mais relevantes que moldam a realidade política, social e laboral do Sahara Ocidental.

Torres expressou a solidariedade da sua organização com a causa saharaui e a sua vontade de tomar ações para permitir um maior conhecimento do processo saharaui no Brasil.

A Força Sindical é uma das maiores uniões sindicais do Brasil, com mais de 1300 sindicatos federados e vários milhões de membros.

Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Fórum de São Paulo reitera a sua solidariedade com a Frente POLISARIO e a República Saharaui (RASD)

Caracas, Venezuela (SPS) .- Numa atmosfera calorosa de alegria e compromisso com a causa do povo saharaui, neste domingo, 28 de julho, na capital venezuelana, foram concluídos os debates do XXV Encontro do Fórum de São Paulo (FSP), com a participação de cerca de 700 delegados, representando mais de 400 delegações de partidos políticos, movimentos e organizações sociais e acadêmicos de 70 países, que aprovaram por unanimidade uma resolução de solidariedade com a Frente POLISARIO e a República Saharaui (RASD) ).

O Ministro da América Latina e Caribe da RASD, Mansur Omar, e o Embaixador Saharaui na Venezuela, Mohamed Salem Daha, participaram nos debates e nos vários encontros bilaterais com uma ampla gama de forças políticas e sociais, que reiteraram a sua amizade e apoio à luta do povo saharaui pela sua plena independência e soberania e pelo direito à autodeterminação face à ocupação ilegítima de Marrocos do seu território nacional.

Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Argentina – CTA autónoma condena a escalada da repressão do regime marroquino sobre o povo saharaui

Secretaria de Relações Internacionais – CTA autônoma
Cidade Autônoma de Buenos Aires, 25 de julho de 2019

O CTA Autónomo condena a escalada da repressão do regime marroquino sobre o povo saharaui

O CTA Autónomo condena a repressão brutal das forças de segurança marroquinas à população civil que participou em marchas pacíficas para celebrar a vitória da Argélia na Taça das Nações Africanas 2019 nas ruas de várias cidades saharauis ocupadas. Neste contexto, os vários serviços de segurança marroquinos, compostos por policiais, forças de intervenção, forças auxiliares e elementos de segurança vestidos com uniformes civis, intervieram na noite de 19 a 20 de julho de 2019, imediatamente após o fim do jogo, com violência brutal contra os saharauis causando feridos e detiveram arbitrariamente dezenas de pessoas.

Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Representantes da Organização de Direitos Humanos, Sociedade Civil e Grupos de Solidariedade da África instam a ONU para o Referendo do Sahara Ocidental

Carta Aberta à Presidência de Julho-Agosto do Conselho de Segurança da ONU

Att: H.E. Embaixador Gustavo Meza-Cuadra & H.E. Embaixadora Joanna Wronecka,

Representante Permanente do Peru e da Polônia para as Nações Unidas

Nova Iorque – Estados Unidos da América

Caríssimas Excelências

Como representantes da Organização de Direitos Humanos, Sociedade Civil e Grupos de Solidariedade da África. Escrevemos-lhe com uma firme condenação do cerco em curso no território ocupado do Sahara Ocidental.

Assistimos com grande desdém a uma escalada de actos bárbaros e violentos de violações dos direitos humanos perpetrados contra os cidadãos saharauis pelas forças de ocupação coloniais marroquinas na cidade de El Aaiun em 19 de Julho de 2019. Estes actos de barbárie, tortura e violência humana e a dor perpetrada pelas forças de ocupação marroquinas sobre os cidadãos legais do território ocupado do Sahara Ocidental não é a primeira do seu tipo.

Read more

Ayúdanos a difundir >>>

Comitê Australiano de Solidariedade enviou carta ao Conselho de Securança pedindo medidas urgentes para acabar com as atrocidades do regime marroquino

O Comité Australiano de Solidariedade com o povo saharaui apelou hoje à ONU para condenar a repressão marroquina contra civis saharauis que celebravam sexta-feira a vitória da Argélia na Taça das Nações Africanas (Can 2019), e pede uma investigação independente sobre as circunstâncias. do assassinato das forças de ocupação da jovem saharaui Sabah Othman Hmeida.

Na sua carta dirigida ao Presidente do Conselho de Segurança das Nações Unidas, o Comité instou o Conselho a pressionar Marrocos por um fim aos ataques e à repressão dos saharauis nos territórios ocupados do Sahara Ocidental.

Os cidadãos saharauis que celebravam pacificamente a vitória da equipa argelina na Taça das Nações Africanas foram atacados por forças repressivas marroquinas que usaram armas como gás lacrimogéneo e balas de borracha, causando muitas baixas e provocaram a morte do jovem Sabah.

Read more

Ayúdanos a difundir >>>

WFDY A Comissão Africana apela às organizações progressistas para que se mantenham firmes contra a opressão marroquina no Sahara Ocidental

SPS 24/07/2019 – Windhoek (Namíbia) 24 de julho de 2019 (SPS) – A Federação Mundial da Juventude Democrática – Comissão Regional Africana (FMJD-CRA) emitiu um comunicado de imprensa urgente na quarta-feira, condenando a opressão marroquina contra o povo do Sahara Ocidental nos últimos dias e apelando todas as organizações progressistas a adotarem uma posição firme contra as violações marroquinas.

Na declaração assinada pelo Vice-Presidente da FMJD, Sr. Naftali Kambungu, a Comissão “apela a todas as organizações progressistas de jovens em África e no mundo para que se posicionem firmemente contra os abusos e brutalidade dos direitos humanos marroquinos no Sahara Ocidental”, e “condenar todos os abusos dos direitos humanos cometidos pelas forças marroquinas contra o povo saharaui”.

A Comissão também indicou que “está preocupada com as atividades bárbaras e diabólicas sem precedentes que estão sendo realizadas pelas autoridades marroquinas no Sahara Ocidental, sem remorso à lei internacional”, considerando que “os jovens da África não podem mais digerir o status quo atual” do Sahara Ocidental que é a última colônia da África, precisamos dele como um estado independente “.

Read more

Ayúdanos a difundir >>>
1 2 3 5